terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Sempre ao Seu Lado

Nome original: Hachiko: A Dog's Story
Diretor: Lasse Hallström
Ano: 2009
País: EUA e Reino Unido
Elenco: Richard Gere, Joan Allen, Cary-Hiroyuki Tagawa e Sarah Roemer.
Sem Prêmios.
Sempre ao Seu Lado (2009) on IMDb


Uma história de fidelidade e amor devocional entre humanos é ficção. Num mundo onde as desgraças são cada vez mais comuns e corriqueiras, tornando-se habituais aos nossos olhos e ouvidos, ver uma bondade, uma caridade ou uma verdade, é motivo de felicidade, condecoração ou até exemplo, onde fazer o bem deveria ser o comum. Mas os homens nascem para guerrear e lutar por tudo que está à nossa volta. Com os seus “irmãos” não seria diferente, e hoje pensamos que é do dia a dia quaisquer maldades feitas entre dois humanos. Mas há um tipo de crueldade contra um ser que não é tolerado: alguém fazer mal à um animal de estimação é praticamente pior do que assassinar a mãe e a avó com tortura ditatorial. Os animais ganharam espaço de ser humanos e em muitas vezes são mais bem tratados que muitos homens, como podemos ver em “Ilha das Flores”. E lá eram porcos. Imaginem se fossem cachorros?

Com tudo que os humanos já fizeram entre si, resta a nós respeitar e amar esses animais que são mais humanos que muito animais com telencéfalo altamente desenvolvido e polegar opositor. A história de “Sempre ao Seu Lado” é mais uma dessas que emocionam e nos faz querer cada vez mais contato com esses animaisinhos peludos. A história é baseada em fatos reais e conta a história de respeito e fidelidade entre o professor universitário Parker e um cachorrinho da raça Akira. Após encontrá-lo na saída da estação de trem, o professor decide levá-lo para casa até o verdadeiro dono aparecer. Mas diversas solicitações da mulher de não ficar com o filhotinho, o cão ganha espaço e conquista o professor. Hachiko é o nome do pequeno. No dia a dia os dois criam uma ligação única e especial. Eles vão juntos à estação de trem e no horário de volta, Hachi vai novamente à estação à espera do dono, o único dono, retornar para voltarem para casa juntos. É esse tipo de dedicação que não é possível em seres que preferem perder a vida no transito, brigar, trair e matar. Hachi e seus iguais, jamais fariam isso.



Infelizmente, um fato quebra toda a rotina da dupla. Para Hachi seria uma espera eterna. Durante 9 anos ele continuava lá, sob chuva, sol, neve ou vendaval. Não havia um dia sequer que a espera pelo seu único e verdadeiro dono mantinha-se viva. É inacreditavel como isso pode acontecer, mas aconteceu. Uma história com um enredo maravilhoso. O filme é bom, um ótimo desidratador aos amantes de animais, porém um roteiro simples até por conta de ser uma história sem sem muitos acontecimentos, porém seu grande trunfo é a dramaticidade e a mensagem de esperança que a história real nos deixa. Lasse Hallström parece ser um diretor com grande apreço pelos caninos. Após aparecer para o mundo com o marcante “Minha Vida de Cachorro”, que faz uma alusão negativa do animal, cria uma boa refilmagem à la Tio Sam de “Hachikô monogatari”. Prepare o lenço pois é uma história sobre sentimentos que nenhum ser (chamado) humano seria capaz de realizar. Nem se vivesse uma vida de cachorro.

Vitor Stefano
Sessões

5 comentários:

  1. PARA OS AMANTES DE ANIMAIS COMO EU, PREPARAE-SE,IMPOSSIVEL NÃO AMAR ESTE FILME, NÃO VOU CONTAR NADA, POIS A HISTORIA É MTO SIMPLES, PORTANTO PERDERIA A GRAÇA, ENTÃO A DICA FICA SENDO: ALUGUE ESTE FILME O MAIS RAPIDO POSSIVEL, VOCÊ NÃO VAI SE ARREPENDER!

    ResponderExcluir
  2. Este filme é bom, inclusive já fizemos um pequeno texto sobre ele na Revista da Penha. Vitor, agora você concorda que eu não tinha contato o final do filme? rsrsrs - piada interna, desculpem os amigos seguidores!!!

    ResponderExcluir
  3. Carlão, apenas como resposta à piada interna: pois é, você não contou nenhum spoiler quando escreveu sobre o filme. Faz parte do filme saber o que aconteceu com o professor. Ainda no texto, não escrevi, mas todos sabem do ocorrido e isso não muda em nada o impacto sentimental que é causado...

    E a vontade é de ter um akita!

    ResponderExcluir
  4. Esse filme é lindo é impossivel vc assistir sem chorar

    ResponderExcluir
  5. Esse filme é lindo! Apesar de ter poucos acontecimentos, achei interessante. Triste o final, mas valeu a pena assistir.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...