terça-feira, 12 de julho de 2011

Distrito 9



Nome Original: District 9
Diretor: Neill Blomkamp
Ano: 2009
País: África do Sul, EUA, Nova Zelândia e Canadá
Elenco: Sharlto Copley, Jason Cope, Nathalie Boltt.
Prêmios: Melhor Filme de Estréia (Neill Blomkamp) no Austin Film Critics Award, Chicago FCA Award no Boston SFC Award e Melhor Maquiagem na Escolha do Público pelo Broadcast Film Critics Association Awards.
Distrito 9 (2009) on IMDb


"Distrito 9" é de tirar o fôlego. Partindo de uma história de uma nave alienigena que por acidente permanece na terra por 20 anos, e acaba formando uma indesejável população alien no nosso mundo. Se já não bastasse a idéia ser inventiva, o filme é carregado de questões sociais que assolam o mundo moderno, como: super população aliada a pobreza e a tirania dos governantes, os aliens (chamados de camarões por causa da sua semelhança com o crustáceo) são estabelecidos numa grande favela em Johannesburgo mas por causa de interesses governamentais e por seu modo nada normal de viver serão obrigados a deixar suas casas. Assim como nas favelas cariocas, no "Distrito 9" existe além da extrema pobreza, o crime organizado que ao invés de traficarem drogas traficam comida de gato, tem também a prosituição e o comercio ilegal de armas. Agora porque eu estou falando tudo isso? Simples: é só pra se ter uma idéia da genialidade do roteiro, que aliado a uma produção caprichadissima fazem um baita filme de ficção, diga-se de passagem, algo raro no cinema atual.

Wikus Van De Merwe é o chefe do plano de desocupação e no dia da ação acaba se contaminando com um fluido que o faz aos poucos se tornar um "camarão". Isso seria péssimo para sua vida, mas algo maravilhoso para a industria bélica mundial pois somente os aliens tem o poder de manejar suas poderosas armas. E não ficam só nas explosões e efeitos especiais. A ficção torna-se humana a partir do momento que a vida - dos aliens ou dos humanos - torna-se descartável num mundo tão igual para os desiguais.


Quem for assistir ao filme se segurar na cadeira porque a fita vira uma viagem alucinante de pura adrenalina, explosões, tiros, conversas emocionantes e nenhuma solução facil para a história... talvez eu esteja exagerando pela emoção de ter acabado de ver o filme, mas aposto que Distrito 9 já nesceu classico/cult e, ao lado de "Lunar", serão lembrados daqui a 20 anos como "Blade Runner" e "Laranja Mecanica" são lembrados até hoje. Espero não estar exagerando... Mas isso aqui, é só para humanos.

Vitor Stefano
Sessões

3 comentários:

  1. Nossa, O Vitor empolgou com o Distrito 9, hein! Cinema é ótima distração. Eu não vi ainda o tal Distrito 9, mas este post convence melhor que o trailler.

    Leandro Antonio
    Sessões

    ResponderExcluir
  2. Lê, esse texto está escrito há um ano e meio e o encontrei por acaso numa limpa de arquivos que estava fazendo. Não postei na época por achar que estava exagerando, mas reli, li, rereli e sabe de uma coisa - o cinema é o impacto inicial.

    O cinema deixa a primeira impressão e é ela que ficará. Revi o filme, achei tão bom quanto eu descrevo e por isso resolvi postá-lo como estava.

    Acho que fiz o certo. Quem viu, pode comprovar ou me reprovar, mas a impressão que ficou em mim foi de um filme marcante e que resistirá ao tempo.

    Vitor Stefano
    Sessões

    ResponderExcluir
  3. Uma das melhores surpresas do gênero ficção científica, tem tudo pra virar um clássico moderno. Uma produção quase independente que deixa no chinelo praticamente tudo que tem sido feito no gênero na grande Hollywood.Genial! Melhor filme sobre alienígena. Até pq é o mais diferente de todos!!!Obra de arte,um roteiro excelente e fotografia também.Mais uma vez é mostrada a ganância e ignorância humana.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...