quinta-feira, 7 de julho de 2011

Filmes de dar água na boca

Como 10 de julho é dia da Pizza, selecionei filmes que tem em seu centro das atenções delícias gastronômicas. Certamente após vê-los você devorará uma redonda - que já tem variações quadradas, mini e até frita. Aproveitem o mês com essas delícias de filmes.

Comer, Rezar e Amar

O Best-seller de auto ajuda virou filme. Elizabeth decide passar um ano longe de tudo que construiu após mais uma decepção amorosa. Viajar é a decisão para livrar seus fantasmas do passado. Em três lugares totalmente distintos retoma seu amor por si própria. Na Índia, rezou. Em Bali, amou. E na Itália, comeu. Com imagens maravilhosas e pratos de fazer babar, “Comer Rezar e Amar” tem justamente na Itália os maiores momentos no filme. Julia Roberts está bem no papel de Elizabeth num filme de altos e baixos, mas que nos abre apetite de fazer devorar uma pizza inteira. São os prazeres da vida. Veja e o trailer e comece a babar com as lindas imagens.



Sideways - Entre umas e Outras



Vinho e pizza é uma combinação ótima. Sideways é uma deliciosa (e embriagante) comédia dramática onde Miles dá de presente de despedida de solteiro a Jack uma viagem aos vinhedos da Califórnia. Nessa louca despedida, conhecem duas mulheres com gostos muito próximos aos deles. A tentação através do vinho torna-se um fantasma e desistir do casamento é uma possibilidade. Destaque para o roteiro e para o sempre ótimo Paul Giamatti como Miles, o enólogo depressivo desse maravilhoso filme. Peça sua pizza e abra um bom vinho para rir e chorar com Sideways.

Ratatouille


Remy ama cozinha e inventar novas receitas. Seu sonho é virar um grande chef. Mas, infelizmente, sua família o recrimina por isso. Até aí, tudo bem, não fosse o fato de Remy ser um rato. Essa maravilhosa animação mostra a cozinha por um ângulo não muito comum, mas de forma muito lírica e envolvente. As aventuras do ratinho se tornam ainda mais gostosas quando o vemos cozinhar, inclusive o prato francês que dá nome ao filme. Apesar de tudo ser animado, a fome baterá ao ver o lindo ratinho cozinhar com tanta expertise. Uma delícia de filme que agradará a todos. Uma das Melhores Animações de todos os tempos.

Um Bom Ano

Quando Max, um empresário bem sucedido nos EUA, recebe a notícia que seu tio Henry morreu suas memórias, esquecidas pela vida agitada que leva, retornam à infância passada na França com seu ente querido. A maior memória: degustação de vinhos feitos por Henry. Sua ida à propriedade para vender o imóvel faz com que sua vida de homem de negócios seja deixada de lado por um tempo para retomar os prazeres da vida. Vender suas memórias não será nada fácil. Ainda mais quando se apaixona. Mais um filme com vinhos e que embalará os apaixonados com ótimas atuações de Russel Crowe e da bela Marion Cotillard. E a frase dita no vídeo abaixo é uma das mais marcantes do cinema atual: "Pardonne mes lèvres. Elles trouvent la joie dans les endroits les plus inhabituels" (Perdoe meus lábios. Eles acham prazer nos lugares mais incomuns).



Parte dessa matéria foi veiculada na Revista City Penha - nº 50, edição de julho de 2011 para comemorar no frio e o dia da pizza.

Quais outras dicas de filmes com delícias para aquecer o frio?

Vitor Stefano
Sessões

9 comentários:

  1. São filmes para paladares diferentes. Mas não tenho nenhuma oposição. Quando o assunto é cinema e comida, variar vai bem. Boas sessões, se não der para ir a sala de cinema vai embaixo do edredom mesmo.

    Leandro Antonio
    Sessões

    ResponderExcluir
  2. O post tem ótimos filmes ,tirando "Comer ,rezar e amar" logicamente.Venho aqui para indicar um que assisti recentemente ,"Toast",que conta a história do chef Nigel Slater .O Filme é delicioso ,em ambos sentidos.A história é adorável ,tem uma trilha sonora excelente ,além de ter as boas atuações de Helena Bonham Carter e Freddie Highmore.Recomendo

    ResponderExcluir
  3. Concordo com a Camila. Comer, Rezar e Amar seria ainda pior não fosse o sorriso da Julia Roberts. Não sou fã inveterado da pretty woman, mas penso que ela é a última diva que o Hollywood conseguiu fabricar.

    Leandro Antonio
    Sessões

    ResponderExcluir
  4. Eu também não gostei de "Comer..." no geral, como disse na postagem, mas a parte da Itália abre um apetite sensacional. As imagens... Até daquelas vagens dá vontade de devorar...

    E não sou nada fã de Julia Roberts. Sabe aquela birra. Tenho (tinha) com Hugh Grant, mas com a Julia não mudou nada - ainda. E são ícones da mesma época. Quem sabe sou traumatizado pela era de comédias românticas dos anos 90.

    ResponderExcluir
  5. Hum.... Amo o Ratatoille, tanto que até esqueço que é um rato (eca!) que cozinha... A maioria dos filmes culinários que conheço são bem sessão-da-tarde, ou melhor, água-com-açúcar, mas que ainda assim, gosto: Sem Reservas (a cena que o Aaron Eckhart faz o jantar-às-escuras para a Catherine Zeta-Jones é uma delícia!), Sabor da Paixão (com o Murilo Benício bem boboca, mas o filme não é tedioso de se ver), Julie e Julia - que me dá vontade de ir direto para Paris e ficar só comendo e comendo sem parar...Tem um filme mexicano na minha lista gastronômica, que está mais para pimenta chamado "como água para chocolate". A protagonista é uma verdadeira feiticeira da gastronômica, faz cada coisa de cair o queixo! Bem, deliciem-se! :)
    OBS. devo ser a única pessoa do universo que não gosta de Sideways. Achei tão chato que me deu ressaca. Será que eu estava mal humorada e a culpa não é do filme???

    ResponderExcluir
  6. Conheço al gumas pessoas que não gosta de Sideways. Foi por causa deste filme que experimentei a primeira e única vez o tal do vinho californiano pinot. Cada coisa que a gente faz. :)

    Leandro Antonio
    Sessões

    ResponderExcluir
  7. Muito bacana.Me permita fazer menção à "Chocolate", pq com frio um chocolate sempre cai bem, e "Sem reservas", que é uma simpática comédia romântica.Aquele abraço!

    ResponderExcluir
  8. Apenas como curiosidade: vinhos da uva pinot-noir, apreciado com gosto em Sideways, teve nos 3 primeiros meses após a exibição dos filmes, 16% nas vendas.

    Além do crescimento, significou uma ampliação do gosto do americano por vinhos, que era basicamente restrito em Merlot e abernet Sauvignon. Um filme que foi além de sua idéia de roteiro, mudou uma cultura.

    Difícil não gostar de Sideways, mas quem não gostou, tente de novo...

    Vitor Stefano
    Sessões

    ResponderExcluir
  9. Como esquecer de "Julie e Julia" - um filme divertido, bom elenco, e comidinhas... hmmmm... deliciosas?
    Se bem que, no quesito água na boca, acho que "Ratatoille" sai campeão mesmo.



    E, Vitor: toca aqui o/ tenho a mesma birrinha da Julia Roberts.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...