quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Filmes para o Dia dos Pais

Dia dos Pais não é só mais uma data para comemorar. É uma data para ficar junto, participar e compartilhar com aquele que te criou e, certamente, inspirou. E o blog Sessões sugestiona filmes que agradam pais e filhos.

Os Embalos de Sábado à Noite – John Travolta na pele de Tony Manero marcou sua geração, quebrou paradigmas e agitou todos, mesmo quem não queria levantar da cadeira ou não sabiam dançar. Sim, Tony era um jovem comum, semi-rebelde e trabalhando para sustentar suas noitadas aos sábados à noite. Dançarino de primeira linha, conquistava todas as mulheres com seu charme e rebolado. Pode soar brega aos mais novos, mas na década de 70, John Travolta aliado à sonoridade dos Bee Gees, deixou uma década tão complexa, com guerras dos EUA e ditadura no Brasil, um pouco mais leve e agradável. É um marco na história do cinema que inspirou muitos pais. E não por menos.





O Poderoso Chefão - Se fosse possível fazer uma pesquisa entre os pais sobre qual é o filme mais clássico que já existiu na história do cinema sem dúvida chegaríamos a um consenso, ainda que por motivos variados, ao nome “The Godfather” – “O padrinho” em português de Portugal. No Brasil a obra prima de Francis Ford Coppola recebeu nome muito mais adequado: O Poderoso Chefão. Lançado em 1972 a trilogia une simultaneamente poder, lealdade, traição, máfia, política, amizade, mortes e uma gama das melhores personalidades artísticas de nossos tempos: Marlon Brando, Al Pacino, Robert Duvall entre outros. A Família Corleone narra à história do poder da máfia italiana nos anos 40 e 50 e as disputas pelo controle do tráfico de armas e drogas nas cidades dos EUA, o legado do Pai (Don Corleone) é mantido pelo filho Michael (Al Pacino) na melhor linha de transferência do poder patriarcal que caracterizam a “Cosa Nostra” italiana. Em todos os sentidos o filme é uma obra imperdível da música, hoje alçada ao patrimônio de bem universal, de Nino Rota até a influência simbólica das mãos que controlam os títeres que dá significado ao filme, o Poderoso Chefão é uma ótima pedida para o dia dos pais.

Em Nome do Pai - Este filme de 1993, dirigido por Jim Sheridan, conta a trajetória de Gerry Conlon (Daniel Day-Lewis em atuação suprema), um jovem rebelde irlandês que, depois de causar muita confusão em Belfast, sua cidade, vai tentar a vida em Londres, a Capital Inglesa. O ano é 1974 e Gerry encontrava-se próximo a um pub em Guilford, quando ocorreu um atentado a bomba cometido pelo IRA, grupo revolucionário Irlandês que luta pela independência de seu país. Conlon, seu pai e mais três pessoas são acusadas e condenadas injustamente pela autoria do crime. Gerry e seu pai dividem a mesma cela por quinze anos e uma relação fraterna, que não existia até então, se estabelece. Enquando isso, durante anos, Gareth Peirce (Emma Thompson), uma empenhada advogada, tenta provar a inocência dessas pessoas. É uma história baseada em fatos reais, bastante emocionante e uma ótima oportunidade para ser apreciada entre pais e filhos como forma de reforçar os laços de amizade.

À Procura de Felicidade – Este filme, baseado em fatos reais, conta a história de vida de Chris Gardner busca um emprego, porém sempre sem sucesso. Porém, após o abandono da esposa, que não agüenta mais a vida sem prosperidade do marido. Responsável pela criação de seu filho, seu maior motivador, Chris supera todas as expectativas. A parceria de Will Smith e seu filho na vida real, Jaden, criam uma história linda de perseverança, superação e de como o amor fraterno pode mudar tudo.


Nesse domingo, dia 08 de agosto de 2010, Feliz Dia dos Pais, para todos os papais, em especial ao  super-pai do Sessões, Carlos Nascimento.

Parte desta matéria foi veiculada na Revista City Penha, edição 40, de agosto de 2010 e pode também ser lida clicando aqui.

Equipe do Sessões

3 comentários:

  1. Eu vi o filme com o John Travolta (Embalos...) e lembrei de outro com ele sobre o dia dos pais: Olha Quem Está Falando!!

    ResponderExcluir
  2. Dia dos pais... Tantos filmes: Term aquele do Will Smith, em que ele é pai de um menininho gracinha e passa os maiores perrengues... Tem o Rei Leão... A Partida (penso neste filme e já me borro todo! kkkk). Lembram também aquele filme tosco do SCHWARZENEGGER : Junior... e por aí vai. O mundo do cinema é povoado de pais bons e maus.

    Leandro Antonio
    Sessões

    ResponderExcluir
  3. Meu pai sempre diz: "Desliga isso, esse filme. Isso é tudo mentira..."


    Mateus Moisés
    Sessões

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...