terça-feira, 10 de agosto de 2010

Salt

Nome Original: Salt
Diretores: Phillip Noyce
Ano: 2010
País: EUA
Elenco: Angelina Jolie, Liev Schreiber e Chiwetel Ejiofor
Sem Prêmios.
Salt (2010) on IMDb


Nem sal nem açúcar. ‘Salt’ é totalmente previsível. Mais um filme de ação e de agentes secretos onde os EUA são os bonzinhos e os outros são os vilões. Esses filmes de espionagem sempre me lembram os westerns de antigamente, onde os homens brancos matam os pele vermelha, os caras maus. Até na escolha do vilão ‘Salt’ é repetitivo desse tipo de filme – os eternos ‘inimigos’ da Guerra Fria: os russos. Nem as seqüencias de filmes de espiões já consagrados usam mais os moradores do leste europeu como fortes e com planos de destruir o grande Império. Deveriam dizer ao roterista que isso já foi superado e não é mais usado desde os anos 90.



Salt é uma agente secreta da CIA e do Serviço Secreto Russo. Sim, durante todo o filme ela está em cima da linha tênue entre os dois lados da cortina de ferro. Essa confusão é a melhor parte do roteiro, deixando no ar uma expectativa em decifrar esse enigma. Porém, coerentemente e sem novidades, você já deve imaginar de que lado a bela Ev está. E é isso.

A escolha de Angelina Jolie para o papel principal foi um dos acertos da produção. Caso o protagonista não fosse uma estrela de primeiro escalão (ou mesmo Tom Cruise, que seria Salt na versão inicial) o filme entraria em derrocada para ser mais um filme de Domingo Maior nas madrugadas de domingo global, ao lado de filmes “sensacionais” com estrelas como Jet Li, Steven Seagal, Charles Bronson ou do mestre da ação, Chuck Norris.


Ela bem que tenta salvar o filme com sua beleza e alguns momentos de sua atuação, porém nem os efeitos especiais, ponto alto dessas produções, são êxitos do filme. Há uma péssima cena em que a atriz está dentro do fosso do elevador se segurando nas estruturas internas (certamente você já visualizou uma cena dessas em outros filmes) em que os efeitos são piores do que os feitos por Ed Wood em seus primeiros filmes. O início é promissor, mas com o decorrer do tempo, toma rumo já conhecido e monótono, mesmo com muitas cenas agitadas. Durante toda a película temos a impressão que o filme está próximo do fim, porém se arrasta em pequenos momentos de ação e reviravolta entre a Salt russa e a estadunidense. Talvez fosse a sensação de querer que The End aparecesse logo. Até que o 101º minuto chega e chega a hora de ir embora, mesmo com o gosto amargo de ‘Salt’ na boca. O trocadilho está gasto e sem criatividade, mas não haveria como fugir dele.


Vitor Stefano
Sessões

15 comentários:

  1. Será que alguém ainda cai nessa ladainha?O filme resume-se a infinitos tiros,explosões e perseguições de carro.Enfim,uma perda de tempo e dinheiro.Passem bem longe

    ResponderExcluir
  2. Acho que o filme ganharia muito em diversão se assumisse que a SAlt é uma mulher com super poderes

    ResponderExcluir
  3. Eu vi Salt no fds de estréia... e não sei, mas esperava um filme de ação, e somente. Daqueles que as melhores cenas estão no trailer mesmo... E foi isso que eu vi. Por isso não me decepcionou, e também não me surpreendeu (é claro!!), mas achei o filme bacana, como um entretenimento simples e básico... não tirei nenhuma lição do filme, não me emocionei, o final já era bem manjado... mas ainda assim, ok. E eu gostei do elenco tbm... gosto sim da Angelina e tbm do Liev.

    ResponderExcluir
  4. Ridículo ver uma produção que se sustente no clichê, cenas de ação e atriz principal só pra fazer propaganda, marketing..
    O pior é q tem gente q gosta e talvez até saia uma continuaçao..
    Hollywood está em num loop de #FAIL

    ResponderExcluir
  5. Ótimo filme Angelina é a melhor!!!!

    ResponderExcluir
  6. Sabe eu já tô cansada de filmes assim. Vi e achei um porre mesmo com aquelas senas de ação.

    ResponderExcluir
  7. Se está cansada, porque assiste?

    ResponderExcluir
  8. eu adorei o filme tbm! excelente! cliche ou nao, o filme ficou mto bom na minha opniao.

    ResponderExcluir
  9. Pelo trailer me parecer bem clichê, mas antes de ver não posso afirmar.

    Criação e Otimização de Sites - 2si

    ResponderExcluir
  10. Assisti muito bom!Adoreiiiii..huhuhuh

    ResponderExcluir
  11. Muito bom o filme. Como filme de ação vale a pena, não vejo problema nenhum em usar velhos vilões desde que se tenha boas sequências de ações como é o caso. Angelina esta excelente, ela é o filme.

    ResponderExcluir
  12. Caso você não tenha percebido ainda, as pessoas gostam de clichês. Ou vai me dizer que super heróis são novidade ou que matar um ao outro por motivos banais é a grande idéia do século? O povo quer ver sangue e quer SIM criticar TUDO o que vê pela frente. Mas felizmente isso deve chegar ao fim logo. Como você mesmo disse, você não aguenta mais isso, e quando ninguém mais aguentar, algo deverá ser feito.
    Té+!

    ResponderExcluir
  13. Nem mesmo Angelina Salva o filme, não há muito o que comentar pois a crítica está bem completa. As pessoas querem ver explosões, sangue e morte mas não em um filme desses que te deixa inquieto a maior parte do tempo.
    No meu Blog fiz uma visão não muito diferente porém uma observação bem divertida do filme Salt com Angelina Jolie, confiram: http://leavles.blogspot.com/ ]

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...