segunda-feira, 1 de agosto de 2011

O Segredo dos Seus Olhos

Nome Original: El Secreto de Sus Ojos
Diretor: Juan Jose Campanella
Ano: 2009
País: Argentina
Elenco: Ricardo Darín, Solledad Villamil, Pablo Rago, Javier Godino e Guillermo Francella
Prêmios: Oscar de Melhor Filme de Língua Não Inglesa, Goya de Melhor Atriz Revelação (Villamil) e Melhor Filme de Língua Espanhola fora da Espanha, Melhor Ator, Diretor, Música, Prêmio da Audiência e Prêmio Especial do Juri de Festival de Havana, Melhor Filme Estrangeiro no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, além de todos os prêmios argentinos.
O Segredo dos Seus Olhos (2009) on IMDb


As luzes voltam à vida, todos levantam e aplausos individuais tornam-se brados uníssonos contagiantes de alegria e empolgação aflorados por um sentimento de profunda alegria pelo estupendo espetáculo que acabara de terminar. A emoção está estampada nos olhos, a alegria no sorriso e a empolgação nos gritos uivantes que saem do meio da multidão. Aos poucos a euforia diminui, vai cessando o barulho e as pessoas não saem de seus lugares. Sentam-se e após alguns comentários embasbacados aquietam-se como se orassem num ritual religioso, uns de olhos fechados e outros com olhares perdidos. As luzes diminuem até o breu completo. Inicia-se uma nova sessão de “O Segredo dos Seus Olhos”.

Entre o passado e o presente há arestas pontiagudas que precisavam ser aparadas. Ferir-se por 25 anos, mas fingir que nada acontecia foi a vida que Benjamin escolheu. Agora, aposentado de seu trabalho com o servidor público, quer colocar suas memórias num romance policial, atordoado pelas suas memórias num caso ocorrido há muitos anos. Um assassinato brutal de uma bela moça, recém-casada. Uma paixão que jamais deixará seu marido em paz, enquanto a justiça não for feita. Uma injustiça que nunca abandonou Benjamin. Que nunca o deixará em paz. Tudo que o ronda é resquício de suas lembranças que só o libertarão quando seu romance tiver um final.


É  praticamente impossível falar desse filme, pois estou em estado de extase. Seja por um plano sequência de mais de 6 minutos onde vemos o suspeito ser capturado, um adeus na plataforma de trem, um julgamento empolgante, um elevador que não chega nunca ao seu destino, uma morte pela amizade ou por um gran finale, “O Segredo dos Seus Olhos ficará marcado, não apenas por imagens memoráveis, mas sim por sua principal mensagem: a paixão. Paixão pelo cinema, pela vida, pelo amor, pela justiça, por uma boa história. Por isso causa amor e envolvimento em quem o assiste.


É preciso ver de novo, de novo e de novo. Não basta, não canso de me encantar. Estamos diante de um filme perfeito. Não me venham com pedras, pois não estou insultando vossa inteligência ao colocá-lo num patamar que cabem apenas Wellers, Chaplins ou Kubricks. Abra sua mente, veja, sinta. Não há como não gostar de “O Segredo dos Seus Olhos”. Tecnicamente irretocável - não há um frame sobrando - roteiro costurado com seda pura, agrada amantes de filmes de arte e de blockbusters e com atuações que só não ficará na mente de quem não é capaz de ver. Se você ama “O Filho da Noiva”, saiba que Campanella se superou. Alcançou um nível não antes alcançado. E nem é necessário falar de Darín. E eu que pensei e cantei aos quatro cantos que “A Fita Branca” era o melhor filme do ano passado, “O Segredo dos Seus Olhos” é mais completo por ser um filme para todos.

A perfeição é invisível, apenas está nos olhos de quem a quer ver - mas sei que toda a plateia sairá empolgada, emocionada e esfuziante da sessão. E voltará pois quando vemos uma obra de arte pela primeira vez, precisamos revê-la para lembrarmos que somos simples mortais imperfeitos diante de tanta magnitude.







O segredo que vem dos seus olhos reluz a intensidade da paixão que te faz respirar.

Vitor Stefano
Sessões

4 comentários:

  1. Gosto de ler quando o discurso do Vitor fica mais inflamado. Escrevendo cada vez melhor.

    Leandro Antonio
    Sessões

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado, Lê. Acho muito difícil escrever sobre um filme que amo. Não consigo ficar na história, mas sim na grandiosidade da obra.

    É um filme que recomendo à todos sem pestanejar - pelo contrário - com louvor. Não perca a chance. Eu amo "O Filho da Noiva", mas esse é completo.

    ResponderExcluir
  3. Como eu amo esse filme. As reviravoltas e a emoção presente em cada cena são impressionantes.
    Preciso rever já!

    ResponderExcluir
  4. Mais bela obra do cinema Argentino ,que aliás é um dos meus preferidos .O Segredo dos seus olhos é exageradamente sutil e ao mesmo tempo poderoso e abrangedor. Depois de assisti-lo é impossivel não parar pra pensar em varias coisas. Excelente, comovente e singular.Um verdadeiro turbilhão de sentimentos que provavelmente te deixará sem folego apos seu termino

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...