segunda-feira, 3 de maio de 2010

Cidade Baixa


Direção: Sérgio Machado
Elenco: Wagner Moura, Lázaro Ramos e Alice Braga.
Gênero: Drama
Trilha sonora: Carlinhos Brow e Beto Vilares.
Prêmios de Melhor Filme - Júri Oficial e Melhor Atriz (Alice Braga), no Festival do Rio.
Cidade Baixa (2005) on IMDb

Selecionado para a Mostra Paralela Independente no Festival de Cannes.

Outro dia, em mais um dos ótimos encontros entre membros do Sessões, estávamos eu, Paulo Jacobina e Leandro Antônio discutindo desta vez sobre teatro e não sobre cinema como de costume. Falávamos sobre Plínio Marcos e sua obra polêmica, densa, retratando um mundo cruel cheio de violência e prostituição.

O Paulo dizia que viu uma montagem de “Dois perdidos numa noite suja”. Lembramos do filme “Navalha na Carne”, que foi baseado em uma peça escrita pelo dramaturgo.

Não conheço muito da obra de Plínio Marcos, mas me lembrei de “Cidade Baixa”, filme do ótimo diretor baiano Sérgio Machado, que não tem relação alguma com Plínio Marcos, mas achei que tinha muito em comum por sua temática, pela retratação de uma realidade cruel, sensual e ao mesmo tempo poética.

Cidade Baixa é uma produção de 2005 estrelada por Wagner Moura, Lázaro Ramos e a belíssima Alice Braga. O filme conta a história de dois amigos que ganham a vida fazendo fretes em um barco e conhecem uma prostituta numa de suas viagens.
A dupla vive suas aventuras pelo litoral baiano em busca de trabalho e envolvendo-se em confusões e violentas brigas. Decidem dar uma carona à garota, que está afim de ganhar algum dinheiro com turistas estrangeiros em Salvador.

A dupla reencontra a garota de programa em diferentes situações e a atração entre eles cresce e transforma-se um triangulo amoroso perigoso.
Dizem que a briga dos personagens de Wagner e Lázaro foi tão intensa, eles entraram tão profundamente em suas representações, que teriam mesmo trocado socos violentíssimos de verdade e se machucaram bastante.

Mas o que mais me chamou a atenção neste filme foi a cena final em que os três dividem um clima tenso e cheio de significados, sem dizer uma só palavra. Considero uma da melhores cenas do cinema nos últimos tempos. Três atores proporcionando um show de interpretação. Magnífico!

Aos mais puristas, penso que o filme não deva agradar muito, pois há muitas cenas de violência e muita sensualidade. Alice Braga, muito linda, aparece nua várias vezes e acho que sua beleza não combina muito com a personagem, que é uma prostituta de puteiro sujo e pobre – ela teria mais o perfil de um Bamboa (boate de luxo em São Paulo) ou equivalente. Mas mesmo assim entrou muito bem na pele de sua personagem e ganhou muitos prêmios como melhor atriz.

Carlos Nascimento
Sessões

2 comentários:

  1. Cidade Baixa

    "A cada cais um amor.
    A cada amor uma paixão.
    A cada paixão uma ferida.
    A cada ferida um amor que se perde.

    Um trio virou dupla,
    Revezamento na ativa.
    E quando um ficou só,
    Só lhe restou o pó.

    A cidade é grande,
    A cidade é pequena,
    Mas se Cidade Baixa,
    A dor só aumenta.

    E Wagner, Lázaro e Alice,
    São Naldinho, Deco e Karinna.
    Poderiam ser João, José e Maria.
    A realidade da Bahia.

    Eles viviam do mar,
    Ela vivia de dar.
    Eles só queriam-na
    e deixaram o barco a deriva.

    Vivem a vida cheio de paixões
    Onde as tensões são tesões.
    São bordeis, bares e cabarés.
    É a vida, como ela é."

    Vitor Stefano
    Sessões

    ResponderExcluir
  2. Linda Alice Braga? Belíssima?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...