sexta-feira, 8 de abril de 2011

Amor Sem Escalas


Nome Original: Up in the Air
Direção: Jason Reitman
Ano: 2009
Elenco: George Clooney, Ver Farmiga e Anna Kendrick
Prêmios: Bafta de Melhor Roteiro Adaptado e Globo de Ouro de Melhor Roteiro.
Amor sem Escalas (2009) on IMDb

Voando se foi. A vida no ar é a mais emocionante, perigosa e querida. O sonho de Ícaro tornou-se real e viver flutuando, vendo o mundo por uma ótica diferente, está concretizado. Ícaro pensou bem na beleza da visão, porém não pensou na solidão que é viver só num mundo onde as únicas companheiras fiéis são as nuvens. Nem os anjos são inspiração para enfeitar esse mundo isolado e cinza, como as nuvens em dias chuvosos.

A profissão de Ryan Bingham é um dos mais ingratos, mas ele a faz com perfeição e calma. Demitir pessoas tornou-se a melhor opção de vida para quem não quer compromisso, rotina ou um lar fixo. E tudo isso só seria possível viajando para todos os cantos dos Estados Unidos destruindo sonhos, aniquilando famílias e acabando com vidas de trabalhadores que só queriam manter seus empregos em uma empresa a fim de uma aposentadoria gorda no final da vida profissional. Mas a idade chega e a inovação também. A contratação da jovem Natalie Keener para implantar um novo sistema para demitir causa pânico com a possibilidade de não conseguir mais a liberdade que tanto almejou. Só um macaco velho no que faz para conseguir arrastá-la para ver na real como a função de demitidor deve ser feita.


Ao ver o absurdo de contratar uma empresa para demitir seu empregado, percebemos que o sistema empresarial está completamente corrompido, sem vida, sem vergonha na cara, sem caráter. Apesar da ficção, sabemos que atitudes muito piores acontecem a cada segundo, sem que nos demos conta. Mas Ryan só faz seu papel. O papel de um solteirão, bem de vida, solteiro. A máxima de solteiro sempre, sozinho nunca, aplica-se aqui também quando vemos a bela e descompromissada Alex que em encontros casuais fazem o casal parecer completar bodas de prata. Um relacionamento aberto, sem cobranças e sem rotina. A perfeição dos relacionamentos sem um compromisso. A liberdade é o êxtase da vida. Mas quem a quer? Quem não quer ter a liberdade de ter alguém para se prender? Quem não quer a liberdade da vida dividida? Quem não quer?

Apesar da vida aparentemente perfeita, Ryan começa a ver o mundo passar por debaixo de seus olhos sem ao menos entender do que a vida é feita. Estar num mundo só, sem ninguém, não vale de nada. Grande atuação de George Clooney como protagonista desse filme sobre o limbo de estar solitário em sintonia com as ótimas coadjuvantes Vera Farmiga e a jovem Anna Kendrick. Apesar de ter um desfecho claro e obvio o filme trás Jason Reitman de volta à tona com outro tema que deixa o absurdo natural. Após um grande início com longas com “Obrigado por Fumar”, e do premiado, porém esquecível “Juno”, com “Amor Sem Escalas” ele consegue aliar um grande roteiro a atuações precisas em imagens que marcam e nos fazem imaginar o que é viver atrás de uma vida e quando a tem, não ter com quem compartilhar. Piegas, mas reflexivo.


Vitor Stefano
Sessões

2 comentários:

  1. Já assisti e como sempre vejo todos os filmes que assisto, de uma maneira "global"... achei muito interessante. O que seria de nós com mta grana, mto dinheiro, status e sem ter com quem compartilhar?
    Precisamos de pessoas, sempre.
    Fora o Clooney que é sem comentários né, mas isso não interfere na intenção do filme... rs.

    ResponderExcluir
  2. Não vi grandes coisas neste filme não. E olha que na época que vi, acabava de acabar de ser demitido. Cada coisa que acontece na vida da gente!
    Verdade que é para muitos a ideia de trabalhar viajando é de um imaginado glamour (Vai saber de onde saiu isto? Trabalhar viajando é osso!) e mais, a ideia de alguém que é contratado somente para demitir... Mas em um resumão, o filme se perde e se torna só mais um. Não lembraremos dele, nem daqui 10, nem daqui 2 anos.

    Leandro Antonio
    Sessões

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...