domingo, 12 de outubro de 2014

Garota Exemplar





Nome Original: Gone Girl
Ano: 2014
Diretor: David Fincher
País: EUA
Elenco: Ben Affleck, Rosamund Pike, Neil Patrick Harris, Tyler Perry, Kim Dickens e Carrie Coon.
Sem Prêmios
Garota Exemplar (2014) on IMDb


O que se passa na cabeça dela? O que realmente ela sente? O que está por trás dessa beleza angelical, dessa candura, dessa perfeição? O que uma mulher tão incrível está fazendo comigo, porque está comigo, porque se casou comigo? O que ela realmente sente? O que ela é capaz de fazer? Até onde ela iria por amor, por vingança, por razão, por sede? Ela seria capaz de matar? Por amor? Por ódio? Só quero saber o que ela tem na cabeça? Todas essas perguntas são álibi para ver “Garota Exemplar”, um dos melhores filmes do ano.

Gillian Flynn é a mente perturbada. O filme é baseado no seu livro e ela mesma o adaptou para o roteiro cinematográfico. Acredito que por isso o filme ficou longo, mas não desanime, pois você nem sentirá 2 horas e meia. E vai querer mais. Vai levar o filme contigo, discutir com os amigos, instigar as pessoas a verem e tentar chegar às respostas das perguntas acima. Eu espero fazer isso com esse texto. Eu quero saber o que vocês pensam até porque nem sei o que pensar. Passarão horas e não chegaremos à conclusão alguma, a não ser que acho que Gillian nunca vai casar. Uma mulher traída pode ser pior do que o Estado Islâmico aliado ao Exercito Americano.

Falar do filme é muito difícil sem citar spoilers. E vale a pena ir ao cinema vê-lo sem saber muito, veja o trailer lá em cima e está de bom tamanho. É isso, um casal hype que com o sumiço da esposa perfeita, Amy, Nick vira o maior suspeito do sequestro ou assassinato. Ela é a queridinha da América e ele o bonitão perigoso. É isso. O filme vai mostra o que, como e porque tudo isso aconteceu. Muito se criticou as atuações de Ben Affleck e Rosamund Pike dizendo estarem sem expressão, mas acredito que é a intenção de provocar. E assim que nós, plateia, ficamos. Sem reação. Nos aspectos técnicos, o filme é impecável. Com uma montagem dinâmica, o filme caminha num rumo inesperado. O filme caminha por dentro de uma mente insana, calculista. Absurdos? Vários. Impossível? Nada.


A mente humana é indubitavelmente o maior mistério da história. As reações e sensações sentidas por cada indivíduo, em cada momento único são motivos de estudos acadêmicos, teorias religiosas e cineastas obcecados. David Fincher é tarado pela mente humana e a sua filmografia é a prova disso. “Seven”, “Clube da Luta”, “Quarto do Pânico”, “Zodíaco”, “A RedeSocial” são algumas provas de que a mente humana é uma ferramenta infindável de criatividade. Se os personagens são criativos, imagine a mente por trás dessas mentes. Claro, Fincher é apenas diretor e não roteirista desses filmes, mas a forma como ele reproduz as brilhantes mentes que constroem esses fantásticos mundos e histórias é fabuloso. “Garota Exemplar” não é diferente. Uma história quase non-sense, quase impossível, mas lembrem que nada é impossível para o que uma mente humana é capaz. O impossível é não ficar preso na cadeira com a tensão, apenas esperando qual será o próximo passo. Fincher é o David Linch das massas. É um filmão!

Vitor Stefano
Sessões 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...