quarta-feira, 16 de julho de 2014

Vidas ao Vento

Nome Original: 風立ちぬ / Kaze Tachinu
Ano: 2013
Diretor: Hayao Miyazaki
País: Japão.
Vozes: Hideaki Anno, Miori Takimoto, Hidetoshi Nishijima, Steve Alpert.
Prêmios: Melhor Roteiro no Annie Awards, Melhor Animação e Trilha Sonora da Academia Japonesa de Cinema.
Vidas ao Vento (2013) on IMDb


Uma tela a ser exposta no Louvre. Miyazaki fez mais uma vez. Aparentemente a última vez. A capacidade de impressionar com traços impecáveis, desenhos belíssimos e história cativante tudo em 2 horas é de emocionar. Se animação é “coisa de criança”, o mundo deveria estar cheio de menores vendo filmes belos e inteligentes como o que esse senhor faz. Habitué de mundos imaginários, seus traços marcantes agora retratam uma biografia de uma lenda japonesa, claro, sem deixar de lado o lúdico. Uma história de guerra. Uma história de viver a vida. Uma vida de superação.


“Vidas ao Vento” é quase Viscontiano. A trajetória de Jiro Horikoshi desde sua infância até seu amadurecimento na criação do Zero, avião usado na Segunda Guerra Mundial pelo Japão, passa pelos aviõezinhos de papel, pelo sonho de ser um grande projetista de aviões, pelas desventuras de um país assolado por eventos naturais, pelo amor dos pais, pelas amizades que constrói, pelo amor que muda sua vida. Nem vou entrar em detalhes. É necessário ver. Rever toda a obra. Rever tudo que vem de Hayao, o maior gênio da animação de todos os tempos. Que bom que vivo nessa época para poder viver isso.

Vitor Stefano
Sessões

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...