domingo, 22 de novembro de 2009

Grande Sebastião


Sebastião Bernardes de Souza Prata era pouco. Um ator de magnitude precisava de um nome mais impactante – Grande Otelo – com esta alcunha, o pequeno mineiro foi mais que grande, foi o maior. O maior ator negro do Brasil de todos os tempos.

Considerado pelo ranking da revista Isto É como o terceiro brasileiro do século, na categoria artes cênicas. Este negrinho de 1m50 de altura, de olhos esbugalhados e beiço virado é, sem dúvida, uma das maiores expressões do cinema nacional de todos os tempos.

Grande Otelo detém a maioria de sua obra edificada sobre os alicerces da sétima arte, pois a quantidade de filmes que participou – mais de cem – é notadamente maior que a de suas participações em televisão. Ou seja, toda a sua figura e popularidade não teve a televisão como principal veículo, fato este que hoje, provavelmente impossível para um ator que ostenta projeção nacional.

Dá uma olhada neste site para saber mais:

www.ctac.gov.br/otelo/index.asp


Filmografia
1997 - Tudo é Brasil
1990 - Boca de Ouro
1989 - Jardim de Alah
1988 - Fronteiras
1988 - Natal da Portela
1987 - Running Out of Luck
1987 - Jubiabá
1986 - Brasa Adormecida
1986 - Nem Tudo É Verdade
1984 - Quilombo
1984 - Exu-Piá, Coração de Macunaíma
1983 - Parahyba, Mulher Macho
1982 - Fitzcarraldo
1981 - O Homem do Pau-Brasil
1980 - Asa Branca
1978 - A Noite dos Duros
1978 - As Aventuras de Robinson Crusoé
1978 - Agonia
1978 - A Noiva da Cidade
1977 - Ladrões de Cinema
1977 - Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia
1977 - A Força de Xangô
1977 - Ouro Sangrento
1976 - Carioca tigre
1976 - Ladrão de Bagdá
1976 - Tem Alguém na Minha Cama
1976 - Os Pastores da Noite
1976 - A Fera Carioca
1976 - As Aventuras d'Um Detetive Português
1975 - Deixa Amorzinho… Deixa
1975 - Assim Era a Atlântida
1975 - O Flagrante
1975 - Ladrão de Bagdá, o Magnífico
1974 - A Estrela Sobe
1974 - A Transa do Turf
1973 - O Negrinho do Pastoreio
1973 - O Rei do Baralho
1972 - Cassy Jones, o Magnífico Sedutor
1971 - O Barão Otelo no Barato dos Bilhões
1970 - O Donzelo
1970 - Família do Barulho
1970 - Se Meu Dólar Falasse
1970 - Os Herdeiros
1969 - Macunaíma
1969 - Não Aperta, Aparício
1969 - L'alibi
1969 - A Doce Mulher Amada
1969 - Em Ritmo Jovem
1969 - Por Um Amor Distante
1968 - Enfim Sós.... Com o Outro
1968 - Massacre no Supermercado
1968 - Os Marginais
1967 - Una rosa per tutti
1966 - Samba
1965 - Arrastão
1965 - Crônica da Cidade Amada
1963 - O Homem que Roubou a Copa do Mundo
1962 - Assalto ao Trem Pagador
1962 - Os Cosmonautas
1962 - Quero essa Mulher Assim Mesmo
1961 - O Dono da Bola
1961 - Os Três Cangaceiros
1960 - Pistoleiro Bossa-Nova
1960 - Vai que É Mole
1960 - Um Candango na Belacap
1960 - Entrei de Gaiato
1959 - Mulheres à Vista
1959 - Pé na Tábua
1959 - Garota Enxuta
1958 - E o Bicho Não Deu
1958 - É de Chuá!
1958 - Mulher de Fogo
1957 - A Baronesa Transviada
1957 - Metido a Bacana
1957 - De Pernas pro Ar
1957 - Com Jeito Vai
1957 - Rio Zona Norte
1957 - Brasiliana
1956 - Depois Eu Conto
1955 - Paixão nas Selvas
1954 - Malandros em Quarta Dimensão
1954 - Matar ou Correr
1953 - Dupla do Barulho
1953 - Amei um Bicheiro
1952 - Três Vagabundos
1952 - Carnaval Atlântida
1952 - Barnabé, Tu És Meu
1950 - Aviso aos Navegantes
1950 - Não É Nada Disso
1949 - Caçula do Barulho
1949 - Também Somos Irmãos
1949 - Carnaval no Fogo
1948 - Terra Violenta
1948 - É com Este que Eu Vou
1948 - E o Mundo se Diverte
1947 - Luz dos Meus Olhos
1947 - Este Mundo É um Pandeiro
1946 - Segura Esta Mulher
1946 - Um Fantasma por Acaso
1945 - Gol da Vitória
1945 - Não Adianta Chorar
1944 - Tristezas não Pagam Dívidas
1944 - Romance Proibido
1944 - Berlim da Batucada
1943 - Caminho do Céu
1943 - Moleque Tião
1943 - Samba em Berlim
1943 - Astros em Desfile
1941 - Sedução do Garimpo
1941 - Entra na Farra
1940 - Céu Azul
1940 - Laranja da China
1939 - Pega Ladrão
1939 - Onde Estás, Felicidade?
1938 - Futebol em Família
1937 - João Ninguém
1935 - Noites Cariocas

Consciência passa por ciência.

Leandro Antonio

Sessões

Um comentário:

  1. Pequeno Grande Otelo!

    Infelizmente não conheço muito desse ícone do nosso cinema, porém ainda é tempo! Essa é a chance e procurarei saber mais sobre essa lenda!

    Vitor Stefano
    Sessões

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...