segunda-feira, 27 de julho de 2009

Sessões entrevista Rubens Ewald Filho


Um dos maiores críticos brasileiros de cinema, além de comentarista oficial do Oscar no Brasil, Rubens Ewald Filho atualmente expõe suas análises sobre a sétima arte na Rádio Bandeirantes e é co-apresentador do programa TNT+Filme ao lado da atriz Virgínia Cavendish. Nesta breve entrevista concedida ao Blog Sessões de Cinema, o jornalista comenta sobre suas preferências cinematográficas, analisa a atual produção nacional e avalia a premiação do Oscar neste e outros anos. Também é possível encontrar mais informações sobre este importante crítico em sua página pessoal na internet: http://www.rubensewaldfilho.com.br/

Sessões - Você tem predileção por algum gênero específico de cinema?
Rubens – Sempre digo que não, mas não é bem verdade. Prefiro comédias e musicais quando estou deprimido. Mas isso é Rubens pessoa, não o crítico. Faço diferença entre eles.

S - Se fosse indicar um filme recente, (deste ano) qual seria? Este filme deverá ser premiado no próximo Oscar?
R – Não dá para saber ainda qual será o vencedor. O japonês Departures ( A Partida - título no Brasil – click no link para ver postagem sobre este filme no Sessões), que levou o de estrangeiro, eu gosto muito.

S - Como você avalia a produção cinematográfica atual no Brasil. Teremos chance de conquistar algum Oscar nos próximos anos?
R – Esperamos que sim, afinal que seja antes de me aposentar. Seria um sonho meu. O cinema brasileiro melhorou muito mesmo. Tecnicamente principalmente.

S – Prêmios e indicações (como Oscar, Cannes dentre outros) alavancam bilheterias. É uma estratégia de marketing?
R- Sim, sem dúvida... “Quem quer ser um milionário” não me deixa mentir.

S – Em sua opinião, o Oscar promove injustiças? Quais seriam as maiores dessas injustiças que você se recorda?
R – Promove injustiças não sei ao certo. Eles não sabem que estão cometendo-as, e nem por isso todo ano tem. Aliás, em qualquer premiação, né? É difícil ser justo e certo num julgamento contemporâneo. É sempre preciso um certo distanciamento.

Por: Carlos Nascimento

5 comentários:

  1. Aeeee Carlãoo!!!!
    Gostei muito, achei que ele falou o necessário, ouvi dizer que ele era metido, mas não, eu gostei da sua entrevista, PARABÉNS!!
    E nem vou opinar rs, ele é crítico e eu não, mas a verdade é que concordo com as coisas que ele falou!
    Agora sim esse blogger tá bommm viu rs!!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Carlão!
    Pra mim desde criança o Rubens era um cara que eu via sempre nas premiações do Oscar e eu pensava: "Que baita cara sortudo".

    E não é sorte, é competencia! Ele é preciso em exatamente tudo que faz, além de ter propriedade nas coisas que fala!

    Um prazer tê-lo aqui no Sessões.
    E que seja a primeira de muitas entrevistas!!!

    Vitor Stefano
    Sessões

    ResponderExcluir
  3. Que ótimo, o "Sessões" tá crescendo hein! Também adoooro o Rubens, adoro as entrevistas com ele e as suas opiniões...

    Parabéns meninos, com certeza a primeira entre muitas entrevistas que virão...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito do Rubens, prefiro vê-lo sempre comentando do que ver Wilker. Entrevista muito boa, mas ficou o gostinho de quero mais. rs
    Gosto muito do Cristian Petterman também, sempre preciso nos comentários. Abraço

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...