sexta-feira, 27 de março de 2009

Filmes Latinos

Pensem assim:
Uma Família Rodante, que sai por aí.
No caminho encontra um grande idealista numa Motocicleta. "Que coragem", dizem.
Lembram-se de Che. Um Passado que jamais esquecerão...
Na longa estrada deparam-se com um belo casamento. É do Filho da Noiva. Comovem-se. Percebem que cada um ali é importante.
Travam seus Amores Brutos como um Cachorro faz.
Até chegam a se insultar: "... E sua mãe tove Rambém".
Roubam selos de Rainhas. Rezam, confessam-se. Para o perdão, 9 "Maria Cheia de Graça...".
E percebem que são abençoados, salpicados de ouro, à la Frida Kahlo.
O importante é a paixão.
Só sobra tempo para uma parada. Queimam toda Plata e uma ultima foto: "Un, dos, tres, Whiskyyy!!!"...
E melhor do que voltar para o bom e velho lar latino americano só Morango & Chocolate!
Vote no seu filme preferido e o vencedor será comentado pelos membros do Sessões.
Abaixo estão os posteres originais dos eleitos.

Clique aqui e veja a votação individual dos membros do Sessões para a escolha do Melhor Filme Latino Americano.

Por motivos ufanistas deixamos os filmes Brasileiros de fora. Para ver a lista do Cinema Nacional, clique aqui.


Amores Brutos - Alejandro González Iñarritu
Diários de Motocicleta - Walter Salles
E Sua Mãe Também - Alfonso Cuarón
Família Rodante - Pablo Trapero

Frida - Julie Taymor
Morango e Chocolate - Tomás Gutierrez Alea
Maria Cheia de Graça - Joshua Marston

Nove Rainhas - Fabián Bielinsky
O Filho da Noiva - Juan José Campanella

O Cachorro - Carlos Sorin

O Passado - Hector Babenco

Plata Quemada -  Marcelo Piñeyro

Whisky - Juan Pablo Rebella e Pablo Stoll


Qual é o melhor filme latino-americano? Continue votando! Para saber como está a votação, clique aqui! Caso não concorde com nenhum desses, escreva no comentário e deixe sua opinião.



Equipe do Sessões

8 comentários:

  1. Sim, Sessões chega a América Latina.

    Honestamente, eu não entendo muito de filmes latinos, embora saiba que Buñuel tenha realizado os trabalhos mais expressivos de que se tem notícia por aqui. Portanto, tenho o dever de brindar a este grande cineasta espanhol que nos presenteou com tantas películas de um México bastante fácil de se reconhecer e difícil de videar com tamanha genialidade.

    É lugar-comum dizer que suas visões (surreais) permanecem atuais e mais, que seu trabalho é incrivelmente interessante e genuínos no fato de trazer dilemas universais que podem ser enquadrados perfeitamente pelas câmeras, "personjes e personas que acá viven".

    Viva a Buñuel e Viva a América (Latina)!

    Filmes que Luís Buñuel produziu no México:

    Los Olvidados (1950);
    Subida al Cielo (1951);
    Susana (1951);
    El Bruto (1952);
    Él (1952);
    Robinson Crusoe (1953);
    Abismos de Pasión (1953);
    Ensayo de un Crimen (1955); Nazarín (1958).

    Leandro Antonio
    Sessões

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto muito de filmes Latinos, talvez, junto com os europeus os meus preferidos.
    Sim, pelo drama e pela força que eles mostram. E como mostram.

    Meu voto foi pelo uruguaio Whisky. Que mostra o dia a dia de pessoas comuns e onde nada acontece. E essa morosidade que deixa claro, de onde as pessoas (principalmente os latino-americanos) tiram suas forças. Talvez o menos dramático da lista, mas o mais bonito, em minha opinião!!!

    Vitor Stefano
    Sessões

    ResponderExcluir
  3. Achei muito intrigante o "Diarios de Motocicleta"... votei neste.

    Preciso assistir mais filmes latinos, anotei algumas dicas daqui... rs

    ResponderExcluir
  4. Eu não assisti todos mas votei em Amores brutos por ser um filme extremamente sujo com sinuosidade narrativa onde três histórias se entrecortam além de me lembrar a infância.Sabe como é:país periférico há que se ganhar a vida ainda que seja botando o proprio cachorro na rinha e se a namorada do irmão der mole....

    ResponderExcluir
  5. Quero deixar claro que se pudesse votar duas vezes votaria em Whisky mas as sessões são pautadas em grandes preocupações éticas daí não ser possível votar de novo.

    ResponderExcluir
  6. Uma excelente seleção de filmes! Alguns não assisti ainda e anotei para assistir. Votada a enquete!! Beijus

    ResponderExcluir
  7. Para quem se interessou pelo nosso cinema Latino e quer um pouco mais.

    Sugiro que façam uma visita, entrem em contato com a Vídeoteca do Memorial da América Latina.

    Eles têm muita coisa boa e rara em produções feitas por nós e por nossos hermanos. Dêem só um olhada:

    • Tesouros do Cinema Latino-Americano: coleção lançada pelo Departamento de Cinema e Vídeo da Funarte, composta por 19 filmes mudos, produzidos na Argentina, Brasil, Cuba, México, Peru e Venezuela entre 1917 e 1933.

    • México: 387 títulos, sendo 53 filmes e 310 produções da UTEC - Unidad de Televisión Educativa y Cultural do México (séries: Con la Música por Dentro; Los Cuentos del Espejo; Historia de la Pintura de México; Los Libros Tienen la Palabra; México Plural; Los que Hicieron Nuestro Cine e Siglo 20 la Vida en México).

    • Cuba: 184 títulos (136 produções do ICAIC, programas de TV e musicais).

    • Argentina: 101 títulos (80 filmes e documentários).

    Além da programação permanente, a Videoteca oferece aos usuários:

    • Empréstimo de parte do acervo a instituições e pesquisadores.

    • Exibição de vídeos para pesquisadores em cabine destinada para este fim. Conta com cinco cabines, com 1 televisor, 1 videocassete e 5 fones cada uma, com exibições simultâneas de vídeos.

    Para informações adicionais entre em contato com a Videoteca:
    www.memorial.sp.gov.br
    bla@memorial.sp.gov.br
    ou pelos telefones: 3823-4740/4732

    Leandro Antonio
    Sessões

    ResponderExcluir
  8. A América do Sul tem coisas lindas pra mostrar a todos.

    Não venceu um filme que gostaria de ver, mas estamos calientes mesmo assim...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...